Yoga pose PC.png

urbanista

a vida como ela é

Guitarras ao alto

Guitarras ao alto

Alentejo sempre rimou com queijo e vinho, paisagens a perder de vista e uma paz difícil de igualar. Há quatro anos que também rima com o som da guitarra nacional, em locais tão inesperados que transformam o Guitarras ao Alto no festival português mais original e encantador de que há memória. Criado por um melómano que se mudou para o Alentejo, Vasco Durão, o Guitarras ao Alto é uma oportunidade para mudar de ares e sentir a música de forma diferente. 

O urbanista é isto mesmo: sentir as coisas de forma diferente, na cidade ou fora dela. Perante o excesso, quase esquizofrénico, da oferta cosmopolita urbana, a proposta para a esta semana leva-nos para longe do centro lisboeta onde, supostamente, tudo acontece, para visitar uma das regiões mais bonitas de Portugal e das que tem menos propostas culturais. Esse é, também, o grande desafio do Guitarras ao Alto, trazer ao Alentejo público de todo o país para uma experiência que mistura a música com a gastronomia, os vinhos e o património.

E que, por isso, têm o cunho urbanista. Podem visitar o site do festival aqui.

unnamed-3.jpg

O Guitarras ao Alto reúne, todos os anos, duplas de alguns dos melhores guitarristas nacionais. Este ano as artistas convidadas são duas mulheres guitarristas facto, que, naturalmente, despertou o radar feminista urbanista: Francisca Cortesão, dos Minta & the Brook Trout, já usou a sua guitarra e voz para colaborar com diversos artistas e vários projectos. Mariana Ricardo, entre a música e o cinema, já compôs e interpretou várias bandas sonoras, trabalhando também como argumentista no cinema e integrando, ainda, várias bandas, entre as quais, Minta & the Brook Trout.

Ouvi-as na apresentação do festival e posso dizer-vos que a música e a voz merecem a deslocação ao Alentejo. Quem sabe, até mais longe mas, para já, podem ouvi-las nestes locais emblemáticos e surpreendentes.

30 de maio - Estremoz - Convento das Maltezas/Centro Ciência Viva

31 de maio - Avis - Claustro do Convento de S. Bento de Avis

1 de junho - Beirã/Marvão - Antiga estação de comboios da Beirã-Marvão

2 de junho - Redondo - Herdade de São Miguel

3 de junho - Crato – Pousada Flor da Rosa
— Guitarras ao Alto | Alentejo

 

 

 

Candy Crush: o museu dos doces em Lisboa

Candy Crush: o museu dos doces em Lisboa

as velhas mais bonitonas do pedaço têm um velho entre elas

as velhas mais bonitonas do pedaço têm um velho entre elas