Yoga pose PC.png

urbanista

finding your bliss

CPH: Copenhaga aqui tão perto

CPH: Copenhaga aqui tão perto

Se fizerem uma pesquisa no urbanista vão encontrar outros textos sobre o Copenhagen Coffee Lab. Não é favor, menos ainda por acaso. Sou fã confessa deste espaço desde que abriu, junto à Praça das Flores, em 2014.

Sobre o café, recupero a explicação publicada em 2015: 

 no Copenhagen Coffee Lab usam café vindo do Brasil, menos torrado do que o habitual, com um corpo leve e delicado, deixando um sabor torrado na boca. Na verdade, o cappuccino resulta numa explosão de sabores, entre o doce e o amargo, misturando o açúcar do chocolate, um toque acre de amoras selvagens e a acidez do limão. Não se reconhecem todos de uma só vez. É preciso saborear. Ou aprender a saborear, porque é impossível definir este cappuccino. É isso que o torna único. Para alguns, poderá ser apenas café queimado. Não é. A segunda impressão deixa-nos com vontade de beber até ao fim para atingir a definição da diferença. A temperatura é perfeita. Resulta da sensibilidade das mãos para aquecer o leite e fazer a espuma. Não tenho dúvida de que este é um dos melhores cappuccinos que já provei num local que, não sendo extraordinário, dá-nos uma sensação de tranquilidade como poucos conseguem.

Não será à toa o prémio recente de best coffee shop. Contudo,  como nem só de café vive uma coffee shop, há um novo CPH, desta vez na Rua das Escolas Gerais (Alfama) que inclui a panificação: é que para além do café excelente, da selecção maravilhosa de chás, o pão com um toque escandinavo é tão bom ou melhor do que o nosso. Se vos descrever os cinnamon buns, os bolinhos de côco ou os brownies, é coisa para vos fazer crescer água na boca.

O novo espaço é muito maior do que o habitual e é lá que se concentra a produção de pão e bolos. Com uma decoração nordicamente despojada, o local consegue ser simultaneamente prático, simples e acolhedor, com umas janelas que se abrem para um pátio interior onde as tardes de Inverno vão parecer Primavera. Não perguntem como, é algo que só os escandinavos são capazes de fazer. Como este café que, perdoem-me os produtores nacionais, é simplesmente espectacular.

 

Pequenos-almoços saudáveis? Espreitem estas ideias

Pequenos-almoços saudáveis? Espreitem estas ideias

Tibetanos: 40 anos a tornar Lisboa melhor

Tibetanos: 40 anos a tornar Lisboa melhor