olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

Dream it, wish it, DO IT!

Dream it, wish it, DO IT!

Este é um daqueles casos em que, se me dissessem que seria assim, ficaria na dúvida. Sou de gargalhada fácil e sorriso difícil. Por nada em especial. Simplesmente é assim. Quando conheci a Mafalda, notei que também não era pessoa de muitos sorrisos. Depois percebi que temos mais em comum do que imaginei. A gargalhada solta, apenas para alguns. A resiliência, perfeccionismo e inquietude. A aparente extroversão que esconde uma imensa timidez. Aquela vontade de chegar sempre mais longe. A Mafalda, para além de oferecer aulas tecnicamente irrepreensíveis, com uma estrutura dinâmica, capazes de deitar ao chão quem acha que está na sua melhor forma, tem uma capacidade única para conhecer e interpretar cada aluna. Não precisamos de falar porque o corpo diz tudo por nós e, melhor do que ninguém, a Mafalda fala essa língua. Sabe reconhecer a vontade de cada uma, a capacidade de cada corpo e as resistências que cada uma também encontra para não deixar o corpo expressar-se, ou esconder a sua vontade. Se deixarmos, o método da Mafalda faz-nos aprender cada movimento e decorar cada sequência sem qualquer esforço ou impaciência. Se deixarmos o corpo fluir, numa lógica de entrega, é ele que nos irá conduzir os movimentos, ganhando amplitude, resistência, tonificação.

Não gosto de admitir mas, a Mafalda, através do seu método, consegue controlar-me apenas com o olhar, sabendo reconhecer, também no meu, aqueles dias ou momentos em que por mais que queiramos, o corpo não responde. Stress ou cansaço determinam grandemente a nossa capacidade física. E mesmo que este método - o método, portanto - seja altamente libertador pelos níveis de concentração que exige, há momentos em que não estamos lá. São esses os dias ou momentos que precisamos evitar. Não adianta malhar em ferro frio, sempre ouvi dizer e sei, por experiência própria, que consigo fazer deste ferro aquilo que quero e que o método me ensinou. E não foi pouco...

Foram dois anos de experiência, insistência e aprendizagem que agora continua, de forma consolidada e melhorada, num novo espaço. Mudança que muito me agrada porque junta a Mafalda a dois amigos com um amor à dança que consegue superar o meu. E, por isso, criaram a Jazzy, uma escola de dança com um propósito único e que agora passa a contar com o Método da Mafalda para ampliar e enriquecer a sua oferta. A partir de Setembro as aulas vão ser de frente para o rio com a luz a entrar para nos inspirar. Melhor? Não há.

Potenciar a amizade....

Potenciar a amizade....

The dream is real

The dream is real