olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

bonitinha

Não é bonitinha não?...

Ah... cara, é pena, não vai dar.

Ser mulher não é fácil. Por nós e pelos outros. Ser mulher e bonita, por vezes atrapalha. Mas ser mulher e não ser bonitinha, também. Então, que raio, em que ficamos?

Gosto da Silvana, surfa pr'a cara... e faz pela vida. Não se encosta, não se deixa esmagar e vai à luta. Adoro surf e, como em outras áreas, desportos e indústrias, o aspecto físico ajuda muito. Mas há surfistas, homens, que nem bonitinhos são. E têm patrocínios. Afinal, estamos a patrocinar um atleta pelo seu desempenho ou porque representa um estilo de vida que faz inveja a muitos potenciais consumidores que não sabem, sequer, como segurar a prancha?

Parece-me bem que estamos no contexto da segunda, quando a melhor surfista brasileira não consegue patrocínio para entrar no circuito mundial. Só me apetece dizer, bem alto e com sotaque brasileiro: 'tá falando sério, cara?!

Louca na mesa. Lady na cama.

das imagens motivacionais e outras cenas do género...