olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida urbana.

Still NYC (always) New York.

Still NYC (always) New York.

 É oficial: vivo (vivemos, porque a maior parte dos leitores do Urbanista tem um IP localizado em Lisboa) numa aldeia. Em formato concha, para não nos perdermos ou afastarmos. Nova Iorque é tudo menos uma concha. Adoro a minha conchinha pessoal. A minha casa, o meu reduto onde me escondo quando preciso, o local que me retempera e dá a energia para todos os dias. Apenas essa concha. De resto, espaços abertos, quanto maiores melhores, quanto mais amplos mais desafiantes, quanto mais desafiantes, mais apaixonantes. Sim. Há muito que me apaixonei pela Big Apple porque é mesmo isso: BIG. Enorme. O mundo numa cidade que parece representar muitas cidades dentro da mesma. Atravessá-la de ponta a ponta demora mais do que dar duas voltas a Lisboa e conseguimos maior variedade do que alguma vez a nossa cidade poderá contemplar. Não há comparação possível e não estou a comparar o incomparável. Gostemos de demasiado cimento e betão, ou não, na verdade este é um daqueles locais imperdíveis para quem prefere o recorte dos arranha-céus a uma bucólica paisagem verde. Ou mesmo ao azul do mar. Acredito que a vida se faz de equilíbrio e, por isso, nenhuma das opções isolada estará completa. Mas, if you can make it here, you can make it anywhere. That's what I believe.

 

Dunkin Donuts

Dunkin Donuts

Times Square

Times Square

Dean & Deluca

Dean & Deluca

Womenhood

Foi Natal