olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida urbana.

Flower Power. Or simply Power?...

Flower Power. Or simply Power?...

hoje saiu-me em Inglês. Por nenhuma razão em particular, ou talvez porque escrevi no Instagram, ponto de partida de muitos artigos, no qual invariavelmente, penso e escrevo em Inglês. Não são manias, presunção e água benta ou qualquer outra coisa. Happens. São os filmes, a música, os livros, amigos e colegas aqui e ali que estimulam este saltitar constante entre línguas, que até me diverte. 

Caminhava pela rua quando parei para atravessar. Olhei em direcção ao chão e lá estavam as flores. Flores e mais flores nuns sneakers tão confortáveis que me poderia levar, a pé, ao fim do mundo. E pensei na roupa e nas pessoas. Nos códigos e nas (supostas) regras que aceitamos respeitar sem gostar. Pés felizes fazem pessoas felizes. Mas se não estivermos, também, felizes com o resto da roupa, estaremos mesmo contentes?...

image.jpg

Happy feet make happy people. Besides uniforms, I'm not happy anoitecer strict outfit rules. 

One day I decided not to follow the crowd and to keep up with styles that I wasn't identified with. I'm not a weirdo and I don't dress in any particular way. I'm not against styling definitions but I'm against a  supposed to be dress code that makes you unhappy. We're supposed to create our own style adjusting it to our daily appointments, time and places we find ourselves.

Unstylish people create rigid categories and dress codes for their tiny world to make sense. I do have a drawer with some formal dresses. That's where they belong. In a drawer...

#flowerpower #snearkers #fashionable

#not ou o outro lado do #vfno

#not ou o outro lado do #vfno

uberlicious