olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida urbana.

Yoga? Não. Melhor. Yoga Suspenso...

Yoga? Não. Melhor. Yoga Suspenso...

O yoga nunca me fascinou. Perdoem-me os apaixonados, mas ainda não consegui deixar-me seduzir. Talvez porque yoga não seja propriamente exercício (não é à toa que se chama prática) e antes um modo de vida. Uma filosofia ancestral que transforma o nosso corpo em busca da harmonia total. Mas, suspenso, é outra coisa.

Isto para dizer que, apesar das principais posições serem estimulantes, sempre senti falta do desafio que outras práticas desportivas oferecem. Descrito desta forma parece disparatado. Aquela relação entre respiração, posições estáticas e quase relaxamento, sempre me deixou desconfortável. Não serei eu, capaz de suspender os meus processos mentais e atingir o meu eu real? Quero acreditar que sim. Mas de outra forma. 

Recentemente, redescobrir o yoga, apenas para ver: posições impossíveis em cenários idílicos como Aruba, no Caribe. Cruel?... Sim, se estivermos fechados numa das Torres das Amoreiras.

Talvez por isso, quando me convidaram a experimentar Yoga Suspenso, limitei-me a duas perguntas para me deixar render. 

Na primeira sessão experimentei as posições básicas e algumas invertidas que fazem as delicias de quem está a começar. O yoga suspenso é maravilho porque consegue combinar a forma de estar que caracteriza a prática do yoga com o desafio de estarmos suspensos, a flexibilidade que lhe está associada e a tonificação necessária para conseguir executar qualquer um dos movimentos. 

Uma vez soube a pouco. Por isso, fui, novamente, enrolar-me nos panos, com a orientação da Isabel Nicolau, no O2.

Dedicada, metódica e perfeccionista, não nos deixa colocar o pé em falso (e a expressão é mesmo essa), permitindo que exploremos a prática à medida da nossa curiosidade e capacidade. Faz-nos perceber que, aquilo que vemos, não é exactamente que parece, e que há posições muito mais difíceis do que possamos imaginar. Na verdade, conseguiu, em duas sessões, o que muitos não conseguiram durante anos: fazer com que esteja cheia de vontade que Setembro  chegue para me enrolar nos panos e desafiar a gravidade...

#O2 #yogasuspenso #workout

Um bitoque, sff. "Não temos"

Um bitoque, sff. "Não temos"

Embaixadora. And proud to be

Embaixadora. And proud to be