olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

the whining wine

Não sou escanção, sommelier, enófilo ou, muito menos, enólogo. Mas gosto de um bom copo de vinho. De preferência branco. Dizem que o tinto é sempre melhor do que o branco mas eu não acredito. Afinal, são ambos provenientes da uva, sendo o branco produzido a partir de uvas brancas ou tintas, sem as cascas, o que dá a tonalidade mais escura ao vinho tinto. Efectivamente, o tinto tem uma maior quantidade de polifenóis. Mas eu não bebo vinho por questões de saúde. Bebo-o por prazer, preferindo o Douro ao Alentejo e fazendo incursões à região de Lisboa e Vela do Tejo quando me apetecem sabores muito leves e frescos. Gosto das combinações em torno de Chardonnay, Arinto, Sauvignon, Rabigato ou Folgasão e de apreciar o sabor de um copo de vinho ao entardecer, a ver quem passa e a pensar no que vejo. E, naquele dia, o que vi, nada tinha a ver com vinho, mas com amizade. Penso no poder de um abraço e nas razões que nos levam (levaram) a todos a sorrir menos, a abraçar menos, a sentir menos.

Não há problema nenhum em expressar os nossos afectos.

Quando foi que nos tornámos tão distantes?

#winetasting #sunset #bff

Sexo vende. Mas nem por sombras isso é bom

Sexo vende. Mas nem por sombras isso é bom

sexy in the cold

sexy in the cold