olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

casa nova?...

Vivo (vivemos) num apartamento contemporâneo. Aqueles moderninhos, cheio de comodidades e pouca história. Sempre gostei de casas antigas. De as adaptar e modernizar. Vai ser agora. Não queria ou precisava de mudar. Mas aconteceu. Depois de muitos meses a visitar apartamento após apartamento, baiúcas velhas e casas feias oferecidas como uma oportunidade única, encontrei. Tem glamour. É charmosa, cheia de estilo e estórias. Esperam-me meses de renovações e discussões, porque uma obra está sempre inacabada. Incompleta. Imperfeita. Disseram-me uma vez que as obras deveriam começar quando acabam. E, por isso, comecei já a actualizar-me, a acumular ideias, a procurar as últimas tendências para fazer desta a casa mais gira que se possa imaginar: um apartamento antigo que se vai transformar num apartamento moderno sem perder o seu estilo. A primeira pesquisa já me fez mudar todas as ideias que tinha. Ou quase todas. Vagueava no Instagram quando encontrei o #ikeaartevent2015. Procurava ideias para apartamentos antigos quando encontrei o thisoldapt no Tumblr. A tendência é clara: transformar as paredes em arte e celebrar a street art. Aí está algo que nunca antes me tinha passado pela cabeça: retirar os quadros das paredes e transformar a parede numa obra de arte. Um must. E vou descobrir mais.

#home #streetart #urbanart

Comer. Orar? Amar.

jogging