olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

waffles don't lie: on the Way(flle) to a lifetime on my hips

Das trinta vezes que parei para pensar na primeira frase que me surgia para escrever sobre estas waffles, não consegui encontrar outra forma para expressar a mesma ideia.

Quando penso nestas waffles, e em muitos outros projectos que tenho vindo a conhecer ao longo dos últimos meses, não posso deixar de pensar no já (infelizmente) famoso cliché da crise. Não concordo com o que nos levou a este estado, abomino boa parte das medidas tomadas e que nos fizeram aqui chegar. Não há nada bom em todo este processo (que ainda deve estar mais ou menos a meio) mas não posso deixar de pensar que talvez tenha contribuído para agitar as águas e fazer muitos de nós puxar pela imaginação para inventar negócios. Simultaneamente, a luz de Lisboa tem trazido até nós muitos estrangeiros que se fixam por cá e outros tantos de passagem, que ajudam animar a tão desanimada economia. É verdade que é tudo (muito) mais difícil, mas também é verdade que há cada vez mais movida e dinamismo. Por isso, ideias, projectos e novos negócios têm lugar cativo no #urbanista.

Não sei se é de mim, mas muitas destas novas ideias e negócios são para comer... Descobri esta semana, na festa do primeiro aniversário do VU Lisboa, a On the Wayffle, um projecto recente, que se redefiniu ainda mais recentemente, para nos dar waffles leves e estaladiças. E são. Leves. Estaladiças. Maravilhosas. São waffles de Bruxelas (menos densas e doces do que as Liège, cobertas com açúcar em pérola, que termina caramelizado quando a waffle sai do forno). Estas são de comer e voltar a trás para comprar mais uma. Para provar todos os sabores... 

Outro aspecto interessante desta marca: para além de ser móvel, a On the Wayffle reciclou caixotes do lixo para criar o seu ponto de venda. Resta gora saber quando terão ponto de venda fixo, algures na cidade, pois estão principalmente em eventos, mercados e feiras. Além disso, com excepção da Nutella, produz os seus próprios cremes. Só coisas boas, portanto.

O creme de pastel de nata, por exemplo, torna a experiência simplesmente wafflelent... 

#waffle #foodieteller #onthewayffle

as paredes da cidade estão cada vez mais na moda

as paredes da cidade estão cada vez mais na moda

Decorar não é só pintar paredes. Menos ainda, pintá-las de branco...

Decorar não é só pintar paredes. Menos ainda, pintá-las de branco...