olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

Descobertas Urbanista

Descobertas Urbanista

Recebi uma amiga para trabalharmos juntas num projecto muito especial. A dada altura comentou que já conhecia alguns recantos da minha cozinha por aquilo que publico no instastories... Na verdade, fiquei a pensar na questão da partilha do meu espaço mas, principalmente, naquilo que preparo para comer e na forma como isso pode ajudar outras pessoas a adoptarem uma alimentação (mais) saudável. O mais é propositado porque eu pensei, durante muito tempo, que fazia uma alimentação cuidada com alguns excessos aqui e ali,  compensados com exercício físico. Como estava enganada...

Uma alimentação saudável supõe um conjunto de opções difíceis, mas naturais, trabalhosas mas saborosas. Supõe informação e conhecimento e, por vezes, a ignorância é uma benção! Tudo na vida é um jogo de trocas e aprendizagens e, este fim de semana aprendi, e ensinei no Open Mag. Não estou a falar (novamente...) do workshop urbanista mas antes das experiências com várias marcas presentes neste evento.

Fiquei a saber que a minha pele está em muito bom estado, melhor do que a da jovem de 23 anos que me fazia o teste. Tenho algumas rugas e devo preocupar-me com elas, o que é natural na minha idade. Mas não tenho manchas ou desidratação nem qualquer outro tipo de desequilíbrio. Expliquei-lhe que aquilo que tinha para me oferecer, a nova gama Vichy, era extremamente importante mas, mais do que isso, era a alimentação que fazia todos os dias e os cuidados repetidos ao longo dos anos. De facto, desde que introduzi melhorias fundamentais na minha alimentação e estilo de vida, a minha pele está melhor. Não vou dizer mais bonita, porque o conceito de beleza é muito relativo, mas a oleosidade está controlada, as borbulhas que inavertidamente apareciam desapareceram, a pele não arde ou repuxa ao fim do dia. Vocês sabem, como eu sei, que o tabaco, o sol, a humidade excessiva, ar condicionado ou frio, poluição ou água muito quente fazem muito mal. Mas dormir pouco e stress também. os outros factores não podemos controlar mas em relação a estes, a decisão é totalmente nossa e eu consegui sentir (e perceber) a mudança. Talvez o Bio-Oil que uso frequentemente à noite também ajude... 

Da Vichy trouxe amostras da oferta completa, adequada à minha idade, e um novo produto que promete ser uma barreira contra tudo o que de mal nos atinge diariamente, o Mineral 89, uma protecção para usar antes dos outros cremes com uma textura líquida que apetece (mesmo) deixar na pele… Descobri também o shampoo Davines e quero. Quero mais. A textura é maravilhosa, o cabelo no dia seguinte está macio, sem perder volume ou mostrar sinais de oleosidade. E tem um odor maravilhoso… O segredo é simples: uma base neutra, adaptada a todos os tipos de cabelo e óleos essenciais que lhe dão o toque (e aroma) final. ADORO.

E gosto ainda mais porque a marca é sustentável, com ingredientes naturais, numa lógica que nos dá a sensação de trazer um produto único, produzido para nós num laboratório artesanal. Foi o que aconteceu no Open Mag. A marca produzia, no momento, um shampoo personalizado com um de quatro aromas, etiqueta à escolha e o nosso nome para identificar o frasco.

Fiquei a conhecer a nova gama Nívea de hidratação corporal com aromas como côco ou baunilha, os que experimentei. Nívea, desculpem mas creme Nívea tem de cheirar a creme Nívea, esse odor inconfundível que me faz voltar aos tempos da bola nívea tamanho gigante (ou eu é que era pequena) na praia de Carcavelos. Sou moderna mas estes novos aromas são demasiado século XXI para mim...

Gostar de nós é o que faz a diferença

Gostar de nós é o que faz a diferença

six pack ou o pacote das seis curvinhas

six pack ou o pacote das seis curvinhas