olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

Porto, I love you

Porto, I love you

A cidade do Porto é especial e, por isso, cada visita a torna ainda mais especial. Nesta lógica de expansão, temos um correspondente que nos envia apontamentos de amor por uma cidade que não deixa de surpreender.

O Luis Machado conta tudo sobre arte urbana. Sem mapa. Ou google maps!

@luismachado

@luismachado

O Porto é uma cidade da moda? Não. Porque a moda passa e o Porto permanece atual e sempre a dar que falar (pelos melhor motivos). Infelizmente não vou ao Porto tanto como gostaria. Mas em contrapartida aproveito ao máximo cada viagem que lá faço.

Porto, um museu a céu aberto. Uma cidade viva onde a monumentalidade dos edifícios clássicos convive com novos espaços e locais contemporâneos como a arte pública. E é sobre arte pública que hoje escrevo: passando recentemente pelo Porto fiquei espantando com a quantidade de obras e instalações com que a cidade no brinda ao virar de cada esquina.

Logo à saída da estação de São Bento encontramos “Clouds”, uma composição da autoria da dupla italiana Sten & Lex, inaugurada no âmbito do programa de Arte Urbana do projeto Locomotiva.  

@luismachado

@luismachado

Deambulando pelas ruas sem rota nem mapa (nem Google Maps) fui encontrando novos pontos da cidade que me surpreenderam. A maioria das obras não são identificadas, estão sem nome, sem data, sem autor. Mas não deixam de ser interessantes. Acima de tudo, geram grande curiosidade. Quem estará na origem desta criatividade?

@luismachado

@luismachado

@luismachado

@luismachado

Arte pública  que torna a cidade mais viva. E mostra a que visita a cidade algo novo em cada regresso. Peças de arte contemporânea com convivem com a monumentalidade dos edifícios clássicos e “escuros” que envolvem a cidade numa aura única.

@luismachado

@luismachado

 

 

Try walking in my shoes

Try walking in my shoes

Tu podes, assim tu queiras.

Tu podes, assim tu queiras.