olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida urbana.

Tu podes, assim tu queiras.

Tu podes, assim tu queiras.

Loira. Morena. Ruiva. Liso. Encaracolado. Carapinha. 

Quando é que a apropriação cultural se confundiu com liberdade de expressão e a tão apregoada diversidade? Não estaremos todos a ir um bocadinho longe demais? Se a miscegenação cultural existe, se a apropriação cultural também, expliquem-me a razão pela qual a mesma não pode revelar-se nos penteados que usamos ou na roupa que vestimos? 

Desde Zendaya a Kylie Jenner, vários foram os famosos chamados à atenção por usarem penteados característicos de outras etnias e fortemente criticados por isso. Karlie Kloss foi o mais recente alvo de crítica pelo seu último editorial de moda para a Vogue de Março, cujo principal objetivo era precisamente celebrar a diversidade da mulher. Porque razão a Rihanna pode usar cornrows ou "trançinhas à preto" e a Kylie Jenner não? Se eu soubesse fazer tranças a sério, hoje saía assim. Mas não, vou apenas de cabelo (entediantemente) liso. 

Foto: Mikael Jansson (Vogue, Março 2017)

Foto: Mikael Jansson (Vogue, Março 2017)

Foto: unknown

Foto: unknown

Foto: Jamie McCarthy ( Victoria's Secret, 2012)

Foto: Jamie McCarthy ( Victoria's Secret, 2012)

Foto: Paolo Roversi (The Music Issue)

Foto: Paolo Roversi (The Music Issue)

Porto, I love you

Porto, I love you

Muito Body Love

Muito Body Love