olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida urbana.

Veggie is cool!

Veggie is cool!

Ainda não chegou o dia em que ser vegetariano é mais cool do que o seu oposto, mas já esteve mais longe. Da consciência social, ética e ambiental às opções relacionadas com a saúde, há várias razões que podem contribuir para a tomada de decisão. Optei por não ser fundamentalista e se, puder evitar a carne, evito. Mas não faço disso uma batalha porque me parece mais fácil convencer os outros quando temos uma postura de abertura em relação às coisas do que quando somos aquele que "não come carne", como se isso fosse algo estranho. A seu tempo será o novo normal porque os argumentos são cada vez mais óbvios.

Hamburguer de feijão e cogumelos em pão de figo

Há também uma tendência para a abertura de restaurantes saudáveis e outros que excluem alimentos de origem animal das suas ementas, da mesma forma que os supermercados biológicos, ainda que apresentando produtos de origem animal na sua oferta, têm cada vez maior variedade de produtos e alimentos a preços cada vez mais acessíveis. Quanto mais pessoas comprarem, mais o preço desce. 

Basic economics...

Imagem: Luis Machado

Acredito que estamos mais conscientes da necessidade de saber o que comemos e qual a origem dos alimentos, ao mesmo tempo que se descobrem cada vez mais detalhes sobre a alimentação que durante décadas desconhecíamos. 

Hambúrguer de Beterraba e arroz integral com molho pesto e maçã verde

Se na generalidade dos restaurantes a opção sem carne ou peixe continua a ser absurda ou completamente insípida há, por outro lado, muitas opções para quem decidiu assumir esta opção. Em Lisboa há várias opções, que podem consultar aqui. A escolha não é criteriosa e recaiu sobre algumas opções saudáveis, mesmo que incluam carne.

Hamburguer de feijão e cogumelos, com batata frita caseira e couscus de cenoura

A que me apaixonou recentemente é a Vegana burgers, hambúrgueres sem carne em pão macio que foge ao centeio e trigo tradicionais, inovando. A loja junto ao Mercado da Ribeira é pequena e acolhedora, num ambiente tranquilo, com boa música, muito clean and simple, como deve ser um espaço de refeição. 

Back to the 90's

Back to the 90's

#selflove

#selflove