olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

5 regras simples para NÃO ganhar peso

5 regras simples para NÃO ganhar peso

Também servem para perder porque, se eliminarmos alguns destes (péssimos) hábitos, estamos no caminho para evitar a acumulação, entrando no esquema da Lei da Compensação a qual, para mim, assume a forma de Lei porque sou como a maior parte das mulheres, assimilando aquilo que está a mais. Assimilar significa engordar, por isso, evito-o alimentando-me bem e fazendo exercício para queimar o que estiver a mais. Quando me excedo, compenso. Quando não me excedo, limito, a bem da saúde. Como?

Hábitos simples e comportamentos do dia-a-dia que devemos interiorizar. Por exemplo:

- Não bebo café, mas abuso no chá e cappuccino. Sem açúcar ou derivados. NENHUM. Por uma razão simples e que nada tem a ver com gordura ou excesso de peso: o sabor do chá só se consegue apreciar sem o adoçar; o cappuccino  leva leite, espuma de leite e (muitas vezes) chocolate em pó. Chega para cortar o sabor intenso do café.  É, apenas, uma questão de hábito.

- Doces e sobremesas... No dia a dia? Passo. Depois de um almoço prolongado nem sempre resisto a um bolo de chocolate ou um tiramisú. Estratégia? Dividir. Não pesa tanto na culpa e ainda pesa menos nas ancas. Depois de várias tentativas vão chegar, como eu cheguei, à conclusão que duas colheres são suficientes para ficarmos satisfeitos.

- Não ir às compras com fome. É uma técnica velha, repetida inúmeras vezes e absolutamente verdadeira. Não sei o que acontece aos nossos neurotransmissores mas, quando entramos num supermercado com fome, os essenciais ficam para segundo plano e concentramo-nos no que não interessa. 

- Não esconder as bolachas, as batatas fritas ou qualquer outro alimento com o qual tenhamos uma relação difícil, por dependência ou incapacidade para resistir. O meu são as batatas fritas. Não adianta comprar, esconder e jurar que não vamos comer. Porque comemos. Novamente, não ir às compras com fome ajuda... Habituarmo-nos a não comer alimentos processados é uma reeducação que fará bem a todos, não apenas a quem luta com a balança.

- Pequeno almoço. Nunca lhe escapar e comer bem, incluindo fibras, frutos, hidratos e proteína. Uma bica e um bolo não. Nunca!

Parece difícil? Custa mais a incapacidade para olharmos ao espelho, vestir fatos de banho esperando que tape o que sentimos estar a mais, voltar das férias e não apertar o botão das calças, ou sentir que somos o gordo ou a gorda lá do sítio, não custa?

Mais do que um corpo. Uma forma de estar...

Mais do que um corpo. Uma forma de estar...

Não se está bonita. É-se bonita

Não se está bonita. É-se bonita