olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

Don't be silly... Todos querem ser como nós...

Don't be silly... Todos querem ser como nós...

Dez anos depois e continua a ser um dos exemplos cliché do romantismo de Hollywood em que tudo acaba (sempre) bem. A vida não é assim, todos sabemos,mas gostamos de pensar que poderia ser (apenas) um bocadinho assim. No caso, há vários "bocadinhos" em jogo: o patinho feio que se transforma num maravilhoso cisne sem perder a sua identidade, o dream job do qual abdica em função do seu verdadeiro sonho. Cenários e personagens recheadas de glamour e superficialidade que o patinho feio ensina a serem mais verdadeiras e menos interesseiras, uma chefia aparentemente terrível mas que, na realidade, é apenas uma mulher como nós. Um processo de crescimento individual que faz desta, uma história igual a tantas outras que conhecemos do mundo real, com a lente de Hollywood que torna tudo mais bonito, não fosse este um mundo paralelo onde tudo parece que acontece sem que, na realidade, esteja a acontecer. Poderia ser assim. Quase assim. Por isso, dez anos depois, continua a fazer-nos sonhar. Só por isso, já vale a pena...

Obrigada Sofia Venâncio pelo envio da notícia e pelo prazer em recordar o filme Devil Wears Prada! A Variety conta tudo: como começou, os actores, as filmagens, o orçamento e suas limitações... 

Ser roubada e ainda gostar

Ser roubada e ainda gostar

Cv? A história de uma vida

Cv? A história de uma vida