olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

Plus quê?? Plus gira!

Plus quê?? Plus gira!

Não é novidade mas numa altura em que o que respiramos parece engordar e o que pensamos comer se instala nas ancas antes sequer, de lhe tocarmos, convém lembrar um pormenor que é comum a cada um de nós e à indústria da moda em particular: a defesa do belo e a capacidade para gerir a mudança. Se, numa dada Segunda-feira o mundo da moda caminha na direcção certa, parece que na semana seguinte caminha na direcção contrária, quando uma marca afirma não ter roupa para um editorial protagonizado pela modelo plus size Ashley Graham.

Seriously?... Serei apenas eu a achá-la muito gira independentemente das formas e do tamanho?

Parece que não...

It seems strange to me that while the rest of the world is desperate for fashion to embrace broader definitions of physical beauty, some of our most famous fashion brands appear to be traveling in the opposite – and, in my opinion, unwise – direction.
— Alexandra Shulman

Se, por um lado abraça a diversidade e mostra diferentes tamanhos, tons de pele ou formas corporais, por outro, cansa-se rapidamente da defesa do que é justo e teima na medida única, absolutamente irreal... 

 

Leia and some beauty standards

Leia and some beauty standards

Contra as meias no Natal

Contra as meias no Natal