olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo que assume opiniões sobre temas da vida.

Effortless

Effortless

Style rule #1

effortless

Style rule #2

keep it simple

Style rule #3

don't try to hard

 

As regras de estilo existem, estão definidas e amplamente divulgadas. Contudo, todos os dias o problema é o mesmo. Todos os dias pensamos a mesma coisa. Todos os dias cometemos erros. Todos os dias damos um passo em direcção à evolução e auto-definição. Porque, efectivamente, o estilo é muito mais do que aquilo que mostram as revistas de moda ou o que vem escrito nos livros. Estilo somos nós e o que cada um de nós assume ser, bem como aquilo que cada um de nós representa. Por isso, quanto mais simples - não confundir com simplório ou simplista - melhor. Quanto menor o esforço, melhor o resultado. Quanto menor a preocupação, maior o brilho.

Não é conversa de livro de estilo, menos ainda de revista de moda. É a pura constação de quem recebeu elogios em dias de esforço nulo, predefinição zero e simplicidade máxima. Na primeira vez usava havaianas pretas (as clássicas com a bandeira do Brasil), cropped jeans (aquele rasgão junto ao joelho), top ciclista preto e uma t-shirt folgada, decote barco e cava larga. Tudo para ser invisível resultando, afinal, num "estas muit'a gira". E pensar... "Estou?..." 

Segunda volta: bad hair day disfarçado com umas tranças mal amanhadas, as mesmas cropped jeans, uma blusa branca com um detalhe de lantejoulas no colarinho. Roshe pretos e óculos escuros. Resultado? O mesmo. E pensar... "Definitivamente não vale a pena o esforço..."

Hoje: no limite da hora, dia cinzento, pouca imaginação skinny brancas, statement boots, t-shirt preta, um casaco a 3/4 e uma echarpe para disfarçar o frio. Ou a ausência de acessórios. Resultado? Pois... :)

O problema não é o corpo. É a sua imagem.

O problema não é o corpo. É a sua imagem.

Peso a mais. Peso a menos?

Peso a mais. Peso a menos?