Paula_C.jpg

olá.

bem vindos ao urbanista, um magazine de estilo e tendências urbanas.

Fitish: 3 tendências e 3 modalidades para 2018

Fitish: 3 tendências e 3 modalidades para 2018

Nesta altura o treino já aconteceu, entre lojas, com sacos nos braços, jantares regados, caixas de bombons e muitos doces da época que, depois, queremos fazer desaparecer das ancas ou da barriga.

Para efeitos imediatos não tenho solução que não passe por uma alteração substancial na alimentação mas, para quem está agora a pensar que em 2018 é que vai ser, para além do yoga, estas são as opções mais interessantes, a maior parte das quais, fora do circuito tradicional dos ginásios.

Como em todas as áreas da nossa vida, o exercício também depende modas e tendências, muitas das quais importadas para abandonar pouco tempo depois. Acredito na importância de descobrirmos a actividade que nos preenche e satisfaz, para nunca mais a abandonarmos ou, pelo menos, progredirmos em termos da dificuldade que lhe possa estar associada.

Naturalmente que vou sugerir o yoga, por todas as razões que já explorei durante este ano e que resultam de uma abordagem holística em relação à vida e à forma como os aspectos mentais, emocionais, espirituais e físicos estão inter-relacionados.

© Hotpod Yoga

© Hotpod Yoga

Uma das tendências é do low cost fitness, com inúmeros ginásios a adoptarem esta tendência, eliminando alguns luxos. Tenho apenas receio que eliminem também o luxo que é ter professores experientes, dedicados e apaixonados, que fazem a diferença no que respeita à forma como o exercício pode ser prescrito, razão pela qual continuo a preferir ser orientada por quem sabe.

Se a ideia é poupar, podemos subscrever serviços online que nos acompanham na prática de exercício físico em casa, porque a tecnologia é outra das tendências que vai influenciar, e muito, a área do fitness. Lembram-se da Jane Fonda? Preparem os maillots porque vamos voltar a treinar em casa, com uma diversidade muito grande de opções. Tem a vantagem de gerirmos o tempo como nos for mais adequado, não sofrer a pressão dos olhares no ginásio e ser substancialmente mais barato.

No campo das tendências, a prática desportiva em grupos informais ou, mesmo, com os animais de estimação (sim, os nossos cães também estão a engordar…) é outro aspecto a acompanhar. Bons exemplos poderão ser os grupos de corrida (Monsanto Running Team, em Lisboa) ou unidades de treino como a FhitUnit, sobre a qual escrevi há algum tempo. Foram precursores e têm, hoje, uma legião de fãs que, semanalmente, praticam um treino funcional intenso na praia ou no centro da cidade. Posso assegurar que o espírito de equipa cresce à medida da nossa assiduidade, com professores dedicados que nos desafiam e motivam. O melhor? É gratuito.

© FhitUnit

© FhitUnit

Outra das tendências é o yoga. Mesmo sendo uma tendência de sempre, começa a ganhar outra visibilidade e a sair daquele nicho do pessoal esquisito que pratica e não conta a ninguém, tornando-se cada vez mais popular. A mudança está documentada e cada vez mais pessoas assumem as vantagens desta filosofia de vida que trata corpo e mente. São inúmeras as contas de instagram ou youtube, bem como aplicações para praticar yoga; a par com as variantes do original, algumas das quais combinam yoga e pilates (yoglates) ou que nos fazem destilar enquanto praticamos, como o HotPod Yoga.

Constipação? O yoga cura isso: 5 asanas fundamentais.

Constipação? O yoga cura isso: 5 asanas fundamentais.

Como o yoga mudou a minha vida em 3 asanas

Como o yoga mudou a minha vida em 3 asanas