Viver sem plástico na cidade: já é possível? Não.

Armei-me em repórter para a NiT e passei uma semana a recusar plástico em todas as situações de consumo. O resultado resume-se a duas questões:

- sim, estamos conscientes que o plástico vai acabar por acabar com isto tudo

- não, ainda não há muitas alternativas, especialmente no grande consumo  

Descobri, ainda, aberrações e grandes disparates que podem ler aqui